sábado, 4 de julho de 2020

Menino 23: Infâncias Perdidas no Brasil (Belisario Franca) - Brasil (2016)


Direção: Belisario Franca
Sinopse: A partir da descoberta de tijolos marcados com suásticas nazistas em uma fazenda no interior de São Paulo, o filme acompanha a investigação do historiador Sidney Aguilar e a descoberta de um fato assustador: durante os anos 1930, cinquenta meninos negros foram levados de um orfanato no Rio de Janeiro para a fazenda onde os tijolos foram encontrados.

Entre 1535 e 1888 a população negra foi escravizada no Brasil.

Entre 2016 e 2018, 2.570 pessoas foram resgatadas por estarem trabalhando em situação análoga à escravidão no Brasil. Do total, 82% são negros.

Em 2007, deputados aprovaram o PL da Super Receita que dificulta ainda mais a fiscalização contra o trabalho escravo. Dentre os partidos que votaram a favor estão o PMDB, PSDB, PFL (DEM), PR, dentre outros formados por políticos donos de terras ou descendentes de escravocratas.

Em 2017, Michel Temer assinou uma portaria mudando normas que diminuem o combate ao trabalho escravo. Essa medida foi feita para atender a bancada ruralista, que à época apreciava a segunda denúncia contra Temer. A turma acabou votando para Temer não ser investigado.

A Emenda Constitucional 81/14 que tipifica as práticas criminosas de escravidão levou 19 anos tramitando no Congresso. No seu programa de campanha eleitoral, o presidente Jair Bolsonaro incluiu a flexibilização dessa lei.

Bolsonaro é aquele que usa lemas nazistas, que tem ministros nazistas no seu governo e que mede quilombolas por arroba.

"Menino 23", a escravidão e o nazismo são mais atuais no Brasil do que se supõe.



Download:
Torrent

Nenhum comentário:

Postar um comentário