sexta-feira, 14 de agosto de 2015

73 – Amor (Amour) – Áustria (2012)


Direção: Michael Haneke
Estrelado por dois ícones do cinema francês – Emmanuelle Riva, 85 anos, e Jean-Louis Trintignant, 81, "Amour" trata da relação de um casal de idosos que tem de lidar com a proximidade da morte.

Não gosto muito do estilo de Haneke, talvez por isso eu tenha resistido tanto para ver esse tão elogiado filme.

Em Amor, o diretor cria seu próprio limite, para extrair o máximo de sensibilidade possível. São poucos personagens, praticamente uma única locação e poucos elementos cênicos. Essa escolha, de limitar os próprios recursos, me lembrou de A Família, em que Ettore Scola manteve a câmera o tempo todo dentro de uma casa e, ainda assim, conseguiu mostrar as transformações de uma família, por diversas gerações.

Em Amor, a câmera quase que não sai de casa. Não é uma família completa que está na tela, mas o que restou dela: um casal em seus últimos anos de vida. As transformações também existem, mas não ultrapassa gerações. Ao contrário, dura poucas semanas.

E assim Haneke consegue dar uma boa aula de cinema, transcendendo os próprios limites criados. Fazendo muito, com pouco.

Em tempos de cólera, Amor, é fundamental.


Download:
Torrent + Legenda

4 comentários: