sábado, 29 de março de 2014

32 – À beira do caminho (idem) – Brasil (2012)


Direção: Breno Silveira
Para fugir dos traumas do passado, o caminhoneiro João (João Miguel) resolve deixar sua cidade natal para trás e cruzar o país. Ele dirige Brasil afora, sempre solitário, até que numa de suas viagens descobre que o menino Duda (Vinicius Nascimento) se escondeu em seu caminhão. Duda é órfão de mãe e está à procura do pai, que fugiu para São Paulo antes mesmo dele nascer. A contragosto, João aceita levá-lo até a cidade mais próxima.



Mais um belo trabalho de João Miguel que, tal como em Mutum, sai novamente bem ao contracenar com uma criança.

No entanto, o filme não apresenta muita novidade. Nem cenários, nem diálogos, nem argumento que já não tenhamos visto por aí. O roteiro é bem quadradão, com seus pontos aritmeticamente montados para não errar a receita. Talvez se houvesse mais ousadia, menos medo de errar e mais originalidade, teríamos uma grande obra.


Ficou bonito, bom de se ver e de se ouvir, mas sem trazer nada de novo. Já um ponto de destaque foram as “frases da caminhão”, escolhidas com preciosismo.


Download:

Nenhum comentário:

Postar um comentário