quarta-feira, 20 de novembro de 2013

105 – Orfeu Negro (idem) – Brasil (1959)


Direção: Marcel Camus
Baseado na peça de Vinícius de Morais, o filme de Marcel Camus foi premiado com o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro e com a Palma de Ouro em Cannes. A ação se passa durante o carnaval carioca, no fim da década de 1950, e mantém a estrutura do mito grego. Orfeu (Breno Mello) apaixona-se por Eurídice (Marpessa Dawn), uma jovem recém-chegada do interior. O interesse do rapaz desperta ciúmes em Mira (Lourdes de Oliveira).

 A bela mitologia grega transportada para o Brasil e suas raízes! Uma obra que mexe com muitos signos e símbolos da nossa cultura e o faz de uma forma bastante criativa a partir do mito grego de Orfeu e Eurídice.


Mas, hoje é dia da Consciência Negra. E por isso, dedico esse post a uma das maiores representantes da resistência negra na Bahia e no Brasil: Makota Valdina. Contra o extermínio da juventude negra! À favor de políticas reparadoras e inclusivas! A fala de Makota nesse breve vídeo diz tudo - clique aqui.



Download:

Nenhum comentário:

Postar um comentário