segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

324 - Ventos da liberdade (The wind that shakes the barley) – Irlanda (2006)



Direção: Ken Loach
Roteiro: Paul LAverty
Irlanda, 1920. Trabalhadores do campo e da cidade se unem numa guerrilha armada contra os ''Black and Tan'', um esquadrão enviado da Inglaterra para impedir os movimentos de independência dos irlandeses. Guiado pelo profundo senso de dever e amor pelo seu país, Damien abandona sua carreira burguesa como médico e junta-se ao seu irmão numa perigosa e violenta luta pela liberdade.

Como obra cinematográfica, Ventos da Liberdade é muito modesto, com uma estética um tanto burocrática, mas totalmente imerso no conteúdo, buscando representar um período histórico, como exposição visual de algum capítulo de um livro de História.
O fato em questão são os conflitos entre ingleses e irlandeses, da conturbada Grã-Bretanha. Sob a perspectiva do filme, a repressora polícia inglesa se utilizava de seu poderio bélico para humilhar e violentar os irlandeses. Como auto-defesa e movidos emocionalmente por um sentimento de ódio ao exército inglês, é que grupos de resistência começam a se formam, resultando no surgimento do IRA.
As bandeiras da independência, anti-monarquia e, por que não dizer, socialista, são levantadas pelo IRA, que passa a se armar e declarar guerra ao exército da Inglaterra, acentuando o caos civil em nome da liberdade irlandesa.
Portanto, Ventos da Liberdade é uma boa opção para quem quiser se aprofundar na questão dos conflitos britânicos, que também servem de exemplo para nos aproximar de diversos outros embates civis que até hoje ocorrem em todos os continentes.


Minha nota: 7,2
IMDB:  7,5
ePipoca: 7,3

Sugestão: Domingo Sangrento

Download:

Nenhum comentário:

Postar um comentário