terça-feira, 20 de novembro de 2012

296 - Pelle, o conquistador (Pelle erobreren) – Dinamarca (1987)



Direção: Bille August
Roteiro: Bille August; Martin Nexo; Per Olov Enquist; Bjarne Reuter
História passada no começo do século 19 mostra pai e filho suecos que vão para a Dinamarca e lá sofrem discriminação. O filme recebeu o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro e a Palma de Ouro em Cannes.

Não deve ter muita coisa pior do que chegar na velhice de forma miserável e com a responsabilidade de cuidar de uma criança.
A humilhação por não ter forças para reagir a uma condição de contínua exploração e aceitar a submissão, é um dos piores sentimentos que se pode ter. E isso deve ficar ainda mais potencializado quando essa situação é contraposta à necessidade juvenil de ser livre e conquistar o mundo.
Pelle é doloroso, porém belíssimo. E é uma amostra de que exploração, preconceito, vergonha, humilhação, fraqueza, desilusão, impotência, crueldade e sonhos são universais.
Sim, os escandinavos também sofrem.


Minha nota: 7,8
IMDB:  7,7
ePipoca: 9,6

Sugestão: O porto

Download:

Nenhum comentário:

Postar um comentário