sexta-feira, 9 de novembro de 2012

281 - O crime do padre Amaro (El crimen del padre Amaro) – México (2002)



Direção: Carlos Carrera
Roteiro: Eça de Queirós; Vicente Leñero
Padre enviado a um pequeno povoado para estudar se apaixona por devota, enquanto testemunha diversos atos obscuros cometidos por membros da Igreja. Baseado a obra literária de Eça de Queiroz.

Em O Crime do padre Amaro, Carlos Carrera mergulha em um contexto comum em diversas regiões latino-americanas.
O filme fala sobre a relação da Igreja com diversos personagens locais: o prefeito corrupto, os traficantes, os guerrilheiros e a sociedade. Como instituição poderosa, sobretudo pela sua influência ideológica e comportamental, a Igreja se alia a essas figuras, sendo abastecida com bastante dinheiro. Parte dessa grana vai para o bolso dos padres e outra parte vai para caridade, legitimando o trabalho da Igreja e respaldando a tese de que “os fins justificam os meios”.
E, para manter as coisas como estão, a Igreja diz amém aos corruptos e criminosos que sustentam a região e se sustentam dela. E também cala a imprensa que tenta denunciar os esquemas.
O filme também aborda a hipocrisia religiosa. De um lado, a Igreja Católica criminaliza o aborto e defende o celibato. Mas, pelo que o filme mostra, as relações sexuais envolvendo padres é comum, e o moralismo pregado não é o mesmo praticado pelos seus próprios líderes.
Sem dúvida, O crime do padre Amaro é um filme polêmico, que não deve ter agradado muito a Igreja Católica.


Minha Nota: 7,5
IMDB: 6,8
ePipoca: 4,1


Download:

Um comentário: