segunda-feira, 27 de agosto de 2012

197 - Terra de Ninguém (Badlands) – Estados Unidos (1973)



Direção: Terrence Malick
Roteiro: Terrence Malick
Nos anos de 1950, no sul dos Estados Unidos, casal de adolescentes comete vários assassinatos sem razão aparente. Um caso verídico que abalou a sociedade americana.

Pelo ambiente, no sul estadunidense, e pela naturalidade em se matar, até que o filme de Terrence Malick faz lembrar Onde os fracos não têm vez. No entanto, o filme dos irmãos Coen tem um enredo e uma direção muito superior à Terra de Ninguém.
Neste filme, porém, é interessante observar a construção dos personagens e como a sucessão de crimes ocorre dentro de uma lógica. É uma razão inicial – ingênua e insana, mas ao mesmo tempo, urgente e “necessária” – que vai desencadeando todos os atos posteriores.
A ótica juvenil de  Sissy Spacek (“Carrie, a Estranha”) faz cobrir com um manto de inocência todo o absurdo que envolve as ações dos personagens, causando uma contradição entre a serenidade do que está sendo narrado e a brutalidade dos atos cometidos. Já o jeitão James Dean do personagem de Martin Sheen acentua esse paradoxo: a frieza dos assassinatos é relativizada pela simpatia do personagem, e sua autenticidade lhe confere um certo respeito, até mesmo pelos policiais que o perseguem.
Terrence Malick parece ter encontrado na construção dos personagens a melhor forma para tratar da violência gratuita de modo sutil e justificar a banalização da morte.


Minha Nota: 7,5
IMDB: 7,9
ePipoca: 3,1

Sugestão: Um dia de cão

Download:
Torrent + Legenda (rapidshare)
Torrent + Legenda (zippyshare)

2 comentários:

  1. Até hoje é o meu filme predileto de Malick. Acho q nesse ele consegue mesclar bem a trama com a imagem.

    ResponderExcluir
  2. Foi a ótima estreia de Malick no cinema e como vc bem escreveu, numa forma sutil de justificar violência.

    Abraço

    ResponderExcluir