segunda-feira, 16 de julho de 2012

161 - Hamaca Paraguaya (Hamaca Paraguaya) – Paraguai (2006)



Direção: Paz Encina
Roteiro: Paz Encina
Ambientado em 1935, a história mostra um casal de idosos que vive à espera do filho, da chuva e por dias melhores.

Em solidariedade aos hermanos paraguaios, que passam por uma turbulenta fase, com sua construção democrática interrompida após um golpe de Estado institucionalizado, resolvi assistir Hamaca Paraguaya, primeiro filme do Paraguai após décadas.

O filme é bem ousado do ponto de vista estético, pois existem praticamente três personagens, sendo que um partiu para uma guerra e os outros dois passam praticamente o filme inteiro sentados em uma rede, vistos a partir de um único plano aberto e com uma distância que não permite sequer visualizar seus rostos.

A história é pautada na falta de sentido de um casal idoso, depois que seu filho vai à guerra. A expectativa de seu retorno e tentativa de conformar-se com sua provável morte é a única coisa que resta para se apoiar em seus dias, que passam lentos, sem perspectiva de nada, sem atrativo algum, em um lugar pobre e isolado.

Para tentar transmitir essa sensação, o diretor optou por fazer um filme, justamente, lento, sem perspectiva, com poucos atrativos e monótono. E conseguiu.

O problema é que a chance de um filme que passa praticamente o tempo inteiro com um único plano e com ausência de ações, deve ter uns 93,58% de dar errado. E Hamaca Paraguaya não foge à estatística.


Minha Nota: 6,5
IMDB: 6,5
ePipoca: 1,3

Sugestão: A Terra Abandonada

Download:

Nenhum comentário:

Postar um comentário