quinta-feira, 26 de abril de 2012

74 - O Escritor Fantasma (The Ghost Writer) – Inglaterra (2011)


Direção: Roman Polanski
Roteiro: Robert Harris; Roman Polanski
Adaptação do romance "The Ghost", escrito por Robert Harris, que narra a história de um ghostwriter contratado para completar o livro que conta as memórias de um ex-Primeiro Ministro Britânico. Durante o processo, o político revela segredos que colocam sua própria vida em perigo.

O Escritor Fantasma sustenta um bom suspense investigativo. É uma ficção, mas que bebe da realidade. Como, por exemplo, quando cita as relações “perigosas” entre Inglaterra e Estados Unidos. No filme, isso é parte relevante da trama; na vida real é pertinente ver que essas nações têm sido muito amigas em guerras como Iraque e Afeganistão.

Outro ponto interessante que é apresentado é o patrocínio de políticos por empresas bélicas, que lucram com guerras criadas por tais políticos. Qualquer semelhança com a carreira política de Bush não é mera coincidência. Outra referência é a tortura inglesa em solo iraquiano e a justificativa de que isso é feito para proteger o mundo do terrorismo. Me fez lembrar disso.

Algumas passagens, no entanto, chegam a ser engraçadas, como a ingenuidade do personagem – Michel Teló (Ewan McGregor) – que conta tudo para todo mundo, e faz o espectador pensar “seu idiota, porque você tá fazendo isso?”.

Mas, no geral, o filme é instigante e interessante. Para quem gosta do gênero, vale à pena. Um detalhe curioso é uma cena em que um dos protagonistas, envolvido em um escândalo, fica em um dilema sobre sair ou não do país, rumo aos EUA, sob o risco de ser preso pela polícia internacional. Muito provavelmente isso foi só uma piadinha sarcástica, de Polanski, que meses antes de rodar o filme se encontrava preso, após ser pego pela polícia suíça, sob a acusação de estupro. Por esse suposto crime, o diretor passou 20 anos sem pisar nos EUA, onde seria imediatamente preso.

Minha nota: 7,8
IMDB:  7,4
MelhoresFilmes: 7,1

Download:

Nenhum comentário:

Postar um comentário