quarta-feira, 18 de abril de 2012

54 - Scarface – a vergonha de uma nação (Scarface) – Estados Unidos (1932)

Direção: Howard Hawks
Roteiro: Armitage Trail; Bem Hecht
História de um gângster infantil e cruel que, depois de eliminar o chefão, toma o seu lugar. Um dos filmes mais elogiado da história do cinema. Baseado na vida de Al Capone.

Mais uma vez Al Capone sendo representado – e muito bem representado – pelo cinema. Scarface – a vergonha de uma nação (não confundir com Scarface, de Brian de Palma, 1983) é um clássico.
É uma obra muito bem filmada, em um estilo noir, e que contém alguns diálogos e dialéticas que fazem refletir a nossa atualidade, 70 anos depois de seu lançamento. Em uma cena é dito:
“Sabe o que está acontecendo? Esta cidade está esperando alguém que se apodere dela. Costillo foi o último dos grandes gângsters à moda antiga. Mas agora há sangue novo e qualquer um que tenha grana suficiente para comprar uma pistola tentará conquistar a área. Se matarão como cachorros para controlar o negócio do álcool. Você não entende? Vai ser uma guerra.”
Agora troque a palavra “álcool” por “drogas” e “gângster” por “traficante”. Pronto, estaremos falando do Brasil. É só lembrar o que acontece em Cajazeiras quando um traficante é morto: disputa por ponto de droga.
Em outra passagem, a dialética é a seguinte:
- Seu jornal poderia ajudar muito na luta contra os gângsters, mas sempre suas atividades são notícias de manchete. Assassinatos, guerras de gangues, mortes, só falam disso. Está glorificando os gângsters com tanta publicidade.
- Quer dizer que podemos acabar com os gângsters ignorando-os? Sem falar neles na primeira página, e só? Isso é absurdo. Eles estão dando as cartas, temos de enfrentá-los. Acabem com eles, assim deixarão de aparecer nas manchetes.
- Mas, entenda, quer que nossos filhos só leiam sobre violência e assassinatos?
- Melhor isso, do que acabarem crivados de balas.
Não precisa dar muitos exemplos midiáticos que dão espaço para os “gângsters”, sob a mesma justificativa presente nessa passagem do filme. Se Liga Bocão já tá de bom tamanho.
Como se pode perceber, Scarface não ficou defasado, mesmo depois de tanto tempo.
Minha nota: 7,5
IMDB:  7,9
MelhoresFilmes: 6,8

Download:
Legenda + Torrent

Nenhum comentário:

Postar um comentário